Você já ouviu falar em “Amusia”?

Tempo de leitura: 1 minuto

A amusia é a incapacidade de captar os sons musicais, ou de lembrar-se de uma melodia.

Ela pode ser congênita ou adquirida. A primeira é uma condição hereditária chamada também de “dysmelodia” que é a possibilidade da desafinação por um traço genético, que chega a afetar 5% das crianças nascidas em determinadas populações.

Já, a forma adquirida surge como consequência de traumatismos ou de derrames cerebrais.

Maurice Ravel
Maurice Ravel

O caso mais famoso de amusia é do pianista e compositor Frances Joseph-Maurice Ravel, por consequências de uma doença cerebral orgânica, PiD               (doença neurodegenerativa incomum causada por excesso de “proteína tau” nos neurônios), agravada por um acidente de táxi sofrido por ele.

Durante o período que precedeu a sua morte, havia perdido parte da sua capacidade de compor devido às lesões cerebrais causadas pelo acidente.

Há também um tipo de amusia denominada “amelodia”, descrita como uma inabilidade de uma pessoa organizar o material sonoro escutado, não conseguindo perceber a diferença entre uma melodia tonal de outra atonal (a música tonal adota o chamado sistema tonal, que se baseia em estruturas funcionais determinadas, gerando um “percurso” harmônico e melódico com tensões e repousos mais complexos).

Referências:

Mundo Estranho – Cultura: Por que a voz de algumas pessoas é afinada e a de outras não? Disponível em: http://mundoestranho.abril.com.br/materia/por-que-a-voz-de-algumas-pessoas-e-afinada-e-a-de-outras-nao.

WIKIPÉDIA: A enciclopédia livre, Google. Música Tonal. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Música_tonal. Acesso em 6 de dezembro de 2015.

Al9 Comunicação – AMUSIA: A incapacidade da percepção melódica. Disponível em: http://analopes.com.br/blog/2011/10/13/amusia-–-a-incapacidade-da-percepcao-melodica/. Acesso em 6 de dezembro de 2015.

Veja também:

http://vozteoriaepratica.com.br/ouvido-absoluto-e-ouvido-relativo/

Comentários

Comentários